Início > Review > [Review] Os melhores aplicativos para ler quadrinhos no iPad

[Review] Os melhores aplicativos para ler quadrinhos no iPad

spiderman-the-movie-1024x1024Das inúmeras utilidades para com as quais utilizo o iPad, o consumo de entretenimento, certamente, é uma delas. Notebook, TV, Videogame e outros gadgtes podem até fazer a mesma coisa, mas nenhum deles o faz com a excelência do iPad.

E se teve uma coisa que o iPad fez comigo foi reativar a minha longa obsessão de colecionador de quadrinhos, e hoje eu faço um review conjunto de 3 apps para ler quadrinhos no iPad.

Posso dizer com absoluta tranqüilidade que o que me despertou a paixão pela leitura foram os quadrinhos de super heróis publicados pela Abril Jovem nos anos 80 e 90, ainda tenho em um baú cerca de 3.000 exemplares.

Mas por diversas razões eu simplesmente não consegui mais acompanhar as publicações e não foi por desinteresse, já que adoro os filmes baseados em quadrinhos e sim pelo incômodo de ter que ir na banca de jornal duas ou três vezes por semana pra verificar o que saiu. Aliado a isso, a casa ficou pequena para abrigar toda a minha coleção de revistas, livros e aparelhos eletrônicos.

E eis que com o iPad eu finalmente pude reativar minha antiga paixão. Com o iPad eu voltei a seguir as minhas publicações favoritas e as grandes sagas lançadas e com enormes vantagens a meu ver:

1 – Data – Compro a revista na data de seu lançamento sem ter que esperar a boa vontade das editoras brasileiras em lançar o conteúdo aqui;

2 – Cronologia – Sigo a cronologia oficial, não sei como está hoje, mas antigamente para saber onde classificar cada revista na cronologia das personagens era um parto tremendo;

3 – Formato – Leio em um formato muito parecido com o original (quem não se lembra do formatinho com que a Abril nos presenteava e que era difícil de ler) e quando quero, posso dar zoom em uma página sem perder qualidade;

4 – Espaço Físico – Não preciso mais de espaço físico, o que, por is só, já vale a pena;

5 – Preço – Pago o preço americano com os impostos americanos, ou seja, fica mais barato que comprar no Brasil;

6 – Facilidade – Os apps que vou citar aqui aceitam diversos tipos de extensões diferentes, então se acho algo para download é só baixar e sincronizar;

7 – Notificações – O próprio app me avisa quando tem lançamento novo das revistas que sigo, isso facilita muito na hora de procurar uma HQ já que o mercado americano é inundado mensalmente com diversos títulos;

8 – Saudosismo – Ainda posso baixar os clássicos publicados em outros anos agrupados por séries como “A Era do Apocalipse”, “A Queda de Mutantes”, “A Saga da Fênix” etc. (deu pra ver que sou fã dos X-Men né);

9 – Rapidez – Fica mais fácil de seguir a cronologia quando você acaba de ler uma revista e o app te indica qual a próxima na lista de leitura.

10 – Acessibilidade – E o mais importante – tenho minha coleção sempre comigo onde vou, então filas, salas de espera de médicos, dentistas e laboratórios passaram a ser mais desejadas.

Então vamos deixar de enrolação e vamos ao review dos apps, uma a um:

xcomicsNa verdade esse é um app dividido em dois, isso porque o app da Marvel também foi desenvolvido pela XComics e funciona bem parecido com ele, mas no app da Marvel somente podem ser compradas revistas da própria Marvel enquanto que no da XComics, você pode comprar uma infinidade de títulos, incluindo os da Marvel.

O aplicativo é bem bacana e funcional e tem uma função que me deixou maluco o “Guided View” que falarei adiante.

Além da interface bem elaborada na parte da loja, ele oferece uma série de recursos para você encontrar o que procura.

As opções de busca são enormes. A página inicial apresenta as HQs em destaque, mas você pode buscar por: Editora; Séries; Gêneros; Criadores; Busca Livre; Recém Lançadas; Mais Populares, Melhor Ranqueadas (os leitores que ranqueiam as mesmas) e um atalho para revistas grátis.

Ou seja, mesmo que você não siga um título específico pode verificar as mais populares e ler, ou ainda, ver entre os lançamentos de uma editora específica ou novos títulos e comprar para testar.

image 5

Depois que você compra uma revista ela fica na aba “My Comics” e pode ser lida e organizada por título, editora, gênero, criadores e arcos de história. Se você deletar uma HQ, pode baixar ela novamente sem pagar nada, mas para isso precisa se registrar via app. Não bastasse isso, entrando no site deles de qualquer PC e logando na sua conta, você terá acesso a qualquer HQ que já comprou com eles e poderá ler no PC.

O app é muito legal e me faz perder horas e horas de noite lendo e relendo antigas HQs o que eu não fazia a um bom tempo.

O app da Marvel, apesar de muito bem feito e desenvolvido pela mesma empresa não oferece a quantidade de recursos deste, então eu acabei deletando o da Marvel e agora tenho somente esse, já que acho nele a mesma coisa que acho na Marvel. A mesma coisa para o aplicativo da DC comics e o dos Transformers, todos eles foram desenvolvidos pela mesma empresa que, usando de sabedoria, patenteou a tecnologia do Guided View.
Mas o recurso mais interessante desse app certamente é o Guided View (também disponível no app da Marvel).

Esse guided view transforma a sua leitura de HQs em uma experiência mais dinâmica e, porque não dizer, bonita.

image 6Na verdade ele seleciona cada um dos quadros da HQ e focaliza ele, o que melhora a leitura e facilita na hora de ver detalhes. Nos outros aplicativos, só pinçando a imagem e dando zoom você consegue isso. Alguns outros aplicativos de leitura até tentam, sem sucesso, simular (como veremos adiante), por isso esse aplicativo se diferencia dos demais.

Ativar e desativar o Guided View é a coisa mais simples do mundo, e intuitiva, é só clicar duas vezes em qualquer dos quadrinhos que ele é ativado automaticamente.

Na transição de cada página eles mostram a página inteira e, conforme você avança, ele vai focando quadro a quadro. É simplesmente fantástico, mas confesso que demorei um pouco para acostumar. Você ainda pode colocar animação na transição de cada quadro, mas eu preferi não colocar, coisa de gosto pessoal.

Se um dos quadros ocupa meia página e tem muito texto o app vai quebrar esse quadro e te mostrar na ordem de leitura e depois te mostrar o quadro inteiro.

Você ainda pode ler normalmente e, caso queira, basta clicar duas vezes em qualquer quadro para ativar a função que pode ser configurada ao gosto do cliente. Essa função funciona tanto no XComics como no aplicativo da Marvel.

Interface – bem construída e se aproveita do modo paisagem do iPad. Mesmo com diversas imagens e conectando na Internet o aplicativo carrega rápido as imagens e os novos lançamentos mesmo com uma conexão 3G. A organização das suas compras pode ser vista no formato estante (com thumbnails pequenas) mas se você for organizando sua coleção pode visualizar as capas em tamanho maior (vide printscreen da coleção Civil War abaixo).

Leitura – a melhor experiência que um usuário pode ter ao ler quadrinhos. O Guided View é simplesmente fantástico e te oferece uma nova forma de ler quadrinhos, nenhum texto fica pequeno demais e os desenhos não perdem quase nada da resolução. Claro que se você ler muitos quadrinhos em seguida acaba cansando a vista por conta do brilho da tela, mas nada que você não acabe se acostumando. Aqui o iPad leva mais vantagem do que os eReaders com a iInk, isso porque são monocromáticos e não podem ler quadrinhos.

Preço – o aplicativo é baixado gratuitamente, mas as revistas são, na sua grande maioria, pagas. O preço vai depender da editora que você escolher. Quadrinhos novos da Marvel, por exemplo, custam US$ 3,99 no lançamento, depois de um tempo tem seu preço reduzido para US$ 2,99 e, depois de mais tempo ainda, para R$ 1,99. A maioria dos quadrinhos antigos tem esse preço, o que acho bem justo, ainda mais com o Real valorizado.

Organização – O melhor de todos. Por ser um aplicativo autorizado por todas as editoras que nele disponibilizam seu material, o nível de organização do aplicativo é fantástico e funcional.

Abaixo coloco algumas fotos do aplicativo para vocês visualizarem, não somente a parte da loja, mas algumas funções bacanas como uma página normal e ela no guided view e uma foto do final de uma revista (edição 1 da série Civil War da Marvel) me indicando qual a próxima revista que deve ser lida para manter a cronologia coesa.

Guided View em ação:

imageimage 1image 2image 3image 9

Mais imagens do aplicativo:

image 4image 7image 8image 10

Um vídeo demonstrando o Guided View no app da marvel:

comicflow iconNa verdade posso falar pouco do Comic Flow , isso porque eu usava outro aplicativo para ler quadrinhos baixados da Internet e só agora comecei a usar o Comic Flow porque o Stanza (o outro aplicativo que usava) parou de funcionar e, segundo algumas informações, não será atualizado para o IOS 5.

Uma pena já que eu tinha mais de 500 revistas nele e acabei perdendo todas. Agora só baixando por torrent novamente e sincronizando o iPad. Perdi, inclusive, minha coleção completa dos X-Men que eu tinha da edição nº 01 (americana) até o ano de 2010, ou seja, mais de 300 revistas só desse título.

Esse aplicativo eu só utilizo para arquivos .cbr e .cbz, que são formatos específicos para quadrinhos e que funcionam também em leitores para PC.

Esse aplicativo, apesar de muito menos funcional que o Stanza, oferece alguns recursos bacanas como sincronização pelo WebDav (não me perguntem como usar, ainda não aprendi).

A interface é bem minimalista e não oferece muitas opções. Em termos de leitura, ele funciona quase como se fosse o iBooks para ler quadrinhos (veja mais abaixo) porém ele tenta, de maneira meio tosca, imitar o Guided View.

Não é sempre que funciona e quando funciona ele deixa a desejar. Quando o xComics percebe que a imagem vai perder muita resolução, o Guided View limita o temanho em que a imagem será mostrada para não perder qualidade. No Comic Flow o que acontece é que a imagem explode na tela e a resolução fica muito prejudicada.

Falta ainda uma forma mais fácil de organizar os quadrinhos via aplicativo. A opção que os desenvolvedores colocam é organizar via WebDav, que eu ainda não aprendi a usar.

Como vantagem eu posso assegurar que o aplicativo não tenta converter o arquivo .cbr, .cbz, ele simplesmente abre. O antigo Stanza demorava para converter os arquivos e tudo ficava muito pesado e com muitos crashs. Ainda tenho poucas revistas nesse aplicativo, mas estou usando ele cada vez mais.

Eu somente uso o iBooks para ler quadrinhos em PDF por falta de um sistema fácil e prático de organização, caso contrário, já teria migrado toda a minha coleção em PDF para o Comic Flow. Mas os desenvolvedores já avisaram que, em breve, uma nova versão com possibilidade de organização será lançada, é sentar e esperar.

Interface – bem minimalista e, depois de colocar muitas revistas, vira uma completa zona. Ainda existe muito a ser melhorado como permitir criar coleçoes e outras coisas que até o iBooks tem. Mas por ser simples, o aplicativo carrega bem rápido. Sem dúvida, dentre as opções gratuítas é o melhor aplicativo para se ler quadrinhos no iPad.

Leiturafica no meio termo entre o xComics e o iBooks . Na verdade ele fica bem abaixo do xComics e um pouco acima do iBooks. Apesar do “Guided View” dele não ser perfeito, é melhor que ficar toda hora acionando o movimento de pinça para dar zoom em algum dos quadros.

Preço – de graça, mas requer sincronização via WebDav ou iTunes do PC para colocar as HQs nele. Dá mais um pouco de trabalho, mas nada que comprometa.

Organização – péssima, o aplicativo é bonito e simples, mas a falta de possibilidade de organizar a coleção torna uma interface minimalista em uma completa bagunça.

Algumas fotos do aplicativo e a tentativa de emular o Guided View:

image 29image 18image 19image 20

image 21image 22image 23image 24

image 26image 27image 28

ibooks-logo-180x180

Como comentei, somente utilizo o iBooks para quadrinhos em PDF, não porque ele seja ótimo como leitor de quadrinhos, mas sim pela impossibilidade de organizar minha coleção em pastas individuais no Comic Flow.

Mesmo assim, organizar tudo dá trabalho, isso porque cada nova revista baixada ou sincronizada via iTunes vai pra mesma pasta de PDF geral e, quando você arrasta ela para a sua coleção, ao invés de ela ir para o último lugar, ela vai para o primeiro lugar da lista de leitura.

Então sempre tem que sincronizar e aguardar.

 

A interface do aplicativo é a mesma dos livros. A leitura do PDF não permite fazer anotações, mudar a fonte ou mudar o fundo, então o único controle que se usa é o brilho.

Não é o ideal para se ler quadrinhos no iPad, mas funciona. Enquanto eu não achar outro aplicativo para isso, vou usando ele. Não que seja muito ruim, mas falta velocidade no aplicativo, já que o arquivo PDF é bem mais pesado que um .cbr ou .cbz.

A qualidade das imagens é muito boa e chega a impressionar em alguns casos, mas se você quer dar zoom em algum quadro específico, vai ter que fazer o movimento de pinça e ir arrastando a página enquanto faz a leitura. Nada que um pouco de prática não resolva.

Interface – a mesma do iBooks, então as capas dos quadrinhos fica bem pequena. Achar o número da edição que você quer é praticamente impossível, mas a navegação é bem intuitiva.

Leitura – por conta da ausência do Guided View ou algo similar, fica rankeado no ponto mais baixo. Não que ele seja muito ruim para ler quadrinhos, mas comparado ao xComics ele perde feio.

Preço – de graça, mas requer sincronização ou download das HQs direito da Internet e clicar o “Abrir com iBooks”

Organização – tradicional, cada coleção diferente pode ser guardade em uma pasta.

Fotos das minhas HQs no iBooks:

image 11image 12image 13image 16

image 17image 30

Espero que tenham gostado, esse post me deu enorme prazer de escrever pois me fez pesquisar bastante e falar do que gosto é mais fácil.

Tem algum aplicativo diferente dos aqui citados, deixe seu comentário abaixo.

Abraços

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios
  1. 14 de julho de 2012 às 23:50

    Não tem algum tipo de programa que é um leitor de arquivos como por exemplo pdf?

  2. 18 de setembro de 2013 às 21:08

    opa, vc provavelmente até achou já mas deixo aqui a mensagem pra quem visitar o tópico atrás de dicas, existe um app grátis na app store chamado cloudreaders que além de ser bem competente na leitura de cbr. também lê pdf. da mesma forma. Ótimo app.

  3. Luiz
    25 de maio de 2014 às 21:38

    Você pode me dizer onde você encontra HQ’s para baixar de graça (principalmente por torrent como você disse que faz com o ComicFlow). Estou com um iPad agora e acho que minha paixão pelos quadrinhos está voltando com a facilidade que ele me dá para lê-los. Estou lendo a maioria online, mas às vezes quero usar fora de casa e preferia ter as HQ’s direto nele, sabe? Agradeço desde já, haha’

  4. 31 de julho de 2014 às 15:56

    O XComics não existe mais? Queria um lugar pra vender meus quadrinhos, mas até agora não encontrei nenhuma opção que me parecesse boa…

  1. 2 de janeiro de 2012 às 14:01

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: